Qual Melhor Investimento a Curto Prazo? Onde Aplicar Para Resgatar Logo?

Quem busca aplicar o dinheiro, na sua maioria, quer um retorno rápido. Por isso, fica uma dúvida de como buscar o melhor investimento a curto prazo que possa gerar lucros financeiros baseados na sua necessidade.

E com o mercado instável e a economia brasileira passando por essa fase de oscilação, o investidor deve se manter em alerta para qual o melhor investimento a curto prazo deve procurar. Isso porque, ele deve manter atenção sobre alternativas confortáveis, de baixo risco, e que contemplem bons retornos em um curto período de tempo.

Como o mercado de investimento existe uma gama de opções, pode parecer um desafios escolher o melhor investimento a curto prazo que possa suprir as suas necessidades.

Para isso, é importante seguir alguns procedimentos e dicas de quem já atua no mercado de investimento a fim de dar segurança e credibilidade sobre qual escolha fazer.

Planejamento detalhados na hora de escolher o melhor investimento a curto prazo

Muitas pessoas acham que não é preciso ter um planejamento muito detalhado para escolher o melhor investimento a curto prazo. Isso é um erro, porque planejar é a chave para o sucesso em qualquer tipo de investimento.

Assim, a dica é manter um bom controle financeiro, tendo conhecimento sobre suas despesas fixas e variáveis, sabendo exatamente qual a quantidade de dinheiro você tem disponível para investir.

Tendo este planejamento, é possível determinar qual a quantia disponível para investir a fim de ter um retorno rápido.

E no caso do melhor investimento a curto prazo, o retorno ficará em até dois anos, ou seja, é indicado buscar investimentos conhecidos, como renda fixa e etc.

Tendo este planejamento, chegou a hora de criar uma carteira de investimentos baseado de acordo com a sua necessidade e o que o mercado pode oferecer.

Assim, estabeleça metas de retornos e até onde você pode investir naquele tipo de mercado escolhido.

Com planejamento, fica mais fácil avaliar como funciona cada tipo de investimento, além de dar um conhecimento maior sobre as instituições financeiras que oferecem títulos com bons rendimentos no curto prazo.

Com tranquilidade na hora de planejar, você terá segurança na hora de investir, e não vai cair nos temidos erros que podem comprometer as economias pessoais.

Melhor investimento a curto prazo

Mas qual o melhor investimento a curto prazo você deve escolher?

Bem, além da poupança, que é uma das mais conhecidas e permite o resgate ou a transferência da renda a qualquer momento, existem também outros tipos de investimentos para quem quer resultados rápidos. Veja:

1. Letras de Crédito Imobiliário (LCI)

São créditos de incentivo ao financiamento imobiliário fornecidos pelas instituições bancárias. Neste tipo de investimento, há isenção de imposto de renda (IR), além de garantidas pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

Os resultados do valor investidos podem ser notados no período de 3 a 24 meses.

2. Certificados de Depósitos Bancários (CDBs)

Para quem busca investimento seguro, o CDBs são uma ótima opção. Eles tem rendimento mais rapido do que a poupança, e para aplicação de até R$ 250 mil reais, o investimento é garantido pelo Fundo Garantidor de Crédito.

Neste caso, a dica é buscar títulos de bancos que paguem mais de 100% do CDI (Certificado de Depósito Interbancário).

O único problema deste investimento é que o IR é tributado, e as taxas podem varias conforme o valor investido.

Assim, se o investidor resgatar abaixo de 180 dias, o desconto do IR é de 22,5%; resgates feitos entre 181 e 360 dias tributam 20% e entre 361 e 720 dias 17,5%.

3. Fundos DI

Investimento ligado ao CDI e à taxa Selic (taxa básica de juros da economia brasileira), suas taxas ficam a 0,5% ao ano.

Com os Fundos DI é possível ter remuneração acima de 100% de CDI.

O detalhe é que neste tipo de investimento não existe garantia de rentabilidade, por isso é importante ficar de olho na rentabilidade, visto que os fundos DI são obrigados a manter 95% de sua posição em ativos associados ao CDI, o que faz com que sua rentabilidade seja relativamente estável.

Sobre o resgate, o investidor pode ter acesso aos ganhos a qualquer momento, sendo tendo a sua disposição o capital investido.

4. Tesouro Selic

O Tesouro Selic é um tipo de investimento associado à taxa Selic (pós-fixados, com rendimentos diários e vinculados à taxa básica da economia brasileira).

Eles sofrem descontos no IR e requerem o pagamento de uma taxa de 0,3% ao ano. Mesmo assim, são melhores do que à poupança, principalmente quando se trata de investir mais de 50 mil reais e resgatar seis meses após a aplicação.

5. Fundos de renda fixa agregados ao CDI

Os Fundos de renda fixa agregados ao CDI também acompanham à taxa Selic e são investimentos pós-fixados.

Neste caso, a taxa de administração não passa de 1% ao ano. Assim, este melhor investimento a curto prazo se torna rentável.

Portanto, podem ser úteis também para a carteira de curto prazo, desde que você se planeje quanto a liquidez para o resgate.

Assim, qual a sua escolha de melhor investimento a curto prazo? Veja qual se adapta a sua necessidade e que vai gerar lucros consideráveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.