Entenda o Que é Um Especulador Financeiro

O especulador financeiro é uma das principais figuras do mundo dos investimentos. Mas, você sabe qual é, realmente, a função deste profissional? O mercado de capitais é um ambiente cercado de estratégias que movimentam o mundo dos investimentos. A consequência disso é a possiblidade de bons resultados.

Leia também: Existe valor mínimo para começar a investir na bolsa? 

Algumas táticas ou funções parecem mais complicadas. O que acaba deixando os iniciantes preocupados com seu significado. Um exemplo disso é a especulação financeira. Esta, aos olhos de algum leigo, pode parecer algo irresponsável, uma forma destemida de tentar “adivinhar o futuro”.

Neste artigo você vai ver

O que é especulador financeiro?
Especulador financeiro: possíveis funções
O especulador na Bolsa de Valores
Riscos que um especulador pode correr

O que é especulador financeiro?

O papel do especulador financeiro é realizar o processo ou ato de negociar um ativo. Isso, seja este ativo uma ação; cotas de fundos de investimento ou uma commodity.

Além disso, o intuito deste profissional é pensar em lucrar com a variação destes papéis a curto prazo. Sendo assim, este profissional tem a responsabilidade de movimentar o mercado por meio de suposições do que pode acontecer com o valor dos ativos.

Características

Resultado de curto prazo

O especulador financeiro, normalmente, trabalha com operações rápidas. Estas podem durar alguns minutos ou horas. Dessa forma, o especulador vê o resultado em pouco tempo.

Risco financeiro

O especulador vive preparado para lidar com o alto risco dessa atividade. Como a base da especulação é uma estimativa, este profissional corre o risco de o cenário esperado não acontecer conforme planejado.

Opera em momentos controversos

O mercado de renda variável tem como marca a volatilidade. Sendo assim, o profissional especulador pode aproveitar as oportunidades de valorização ou desvalorização dos ativos.

Pode oferecer ganhos altos

Mesmo sendo uma atividade de alto risco, muita gente consegue ganhos superiores a outros investimentos. Todavia, é preciso definir se o investidor tem disposição para lidar com esses riscos em busca de uma rentabilidade maior do que a esperada.

Especulador financeiro: possíveis funções

O especulador financeiro pode atuar em várias áreas. Como exemplo, pode-se citar os títulos de renda fixa; fundos de investimentos; ações e contratos futuros.

Conheça algumas das principais áreas em que esse profissional pode atuar:

Especulação financeira em Swing Trade

Aqui, a especulação dura um longo tempo. Isso porque o especulador pode manter a posição no ativo por alguns dias. Ou por algumas semanas. Os riscos do Swing Trade podem ser suavizados com algumas estratégias, como a diversificação dos ativos.

Especulação financeira em Day Trade

Diferentemente da especulação financeira de Swing Trade, a Day Trade é de curtíssimo prazo. Isto é, acontece sempre no mesmo pregão. As transações, tanto de compra quanto de venda, encerram-se no mesmo dia em que foram iniciadas.

Caso você opte por esse tipo de especulação financeira, não irá correr o risco de uma desvalorização dos ativos de um dia para o outro. Isso porque a negociação acontece apenas durante alguns minutos ou horas. Em um mesmo dia.

O especulador na Bolsa de Valores

Como já deu para perceber, o ambiente de atuação de um especulador financeiro é a Bolsa de Valores. Neste ambiente, é possível especular a variação de preços de vários ativos.

Além disso, é necessário conhecer como funciona a dinâmica do mercado de capitais e ainda saber como operar na Bolsa de Valores. Por muito tempo, o Home Broker foi o único sistema que possibilitava a compra e venda de ativos através da internet.

Há alguns anos, operar nesse sistema era uma dificuldade encontrada por muitas pessoas. Isso, porque muita gente não entendia como se conectar com a Bolsa de Valores.

No entanto, isso não é mais um problema. Atualmente, não é preciso ser um especialista no mercado para conseguir negociar um ativo. Ou comprar uma ação. É possível realizar tudo pela tela do computador. Com poucos cliques.

Riscos que um especulador pode correr

Bem verdade que a função de um especulador é uma atividade muito atraente. Pode trazer ótimos resultados. Isso, em pouco tempo. Todavia, vale a pena destacar que a especulação financeira é cercada por um grande risco.

Assim como foi dito ao longo do texto, a atividade é baseada em estimativas. Estas, podem ou não se concretizarem. Isso significa que você deve evitar a especulação a todo custo? Não é bem assim.

O investidor deve saber que a especulação pode possibilitar ganhos altos em um curto espaço de tempo. Ou não. Além disso, é necessário relembrar que esse tipo de estratégia está atrelada a uma exposição maior aos riscos.

Desse modo, agora que você sabe tudo sobre a tarefa de um especulador financeiro. Isto é, já consegue entender que o profissional dessa área deve saber lidar com esses riscos.

Como atualmente o mundo é totalmente conectado, é possível lançar mão de mecanismos para suavizar esses riscos. E, consequentemente, aumentar as chances de sucesso nas operações.

Portanto, quanto mais você aprender sobre investimentos. E mercado financeiro. Maior será sua facilidade para encontrar as alternativas que podem ser mais adequadas para você alcançar o sucesso.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.