Você Sabe Qual a Diferença Entre Proventos e Dividendos?

Os proventos e dividendos são tipos de remunerações concedidas aos acionistas. Desse modo, entenda que esses lucros possuem uma certa diferença que deve ser observada.

Assim, você precisa saber disso para que possa fazer a escolha correta. Sendo que o mercado traz muitas oportunidades. Então continue a leitura para compreender como isso funciona na prática.

O que são Proventos?

Você Sabe Qual a Diferença Entre Proventos e Dividendos

Em resumo, saiba que os proventos são alguns benefícios que os investidores recebem. Nesse sentido, esteja ciente de que isso é entregue aos acionistas de uma empresa.

Por certo, você deve compreender que essas remunerações consistem em dinheiro ou em ações. Ao passo que entender a diferença entre proventos e dividendos é realmente fundamental.

Além disso, no momento que você investe em certa empresa terá direito a esse bônus. De tal modo que ele será distribuído em algum período de tempo. Assim, fica evidente que a bolsa de valores possui mais opções de ganhos.

Já que você pode acreditar nas valorizações dos ativos e também receber remunerações. De fato, saiba que as ações preferenciais (PN) ajudam o investidor a receber mais proventos.

Por sua vez, as ações ordinárias (ON) concedem apenas o direito de voto (assembleia). Com isso, os lucros podem ser mais altos para o investidor que optar pelas preferenciais.

Dessa maneira, é interessante estar atento quanto a diferença entre proventos e dividendos. Uma vez que existem dois tipos principais que as empresas pagam aos seus acionistas.

Nesse caso, temos o JCP (Juros sobre Capital Próprio) e os próprios dividendos. Vale ressaltar que esse segundo tipo de lucro é algo específico e ligado aos proventos.

O que são dividendos?

Por sua vez, os dividendos consistem em uma parcela dos lucros das empresas. Onde a mesma efetua a divisão dos ganhos com os acionistas participantes do processo.

Dessa forma, saiba que esse é o método mais conhecido do mercado. De tal maneira que você pode captar lucros somente ao comprar papéis das ações. Desde que a companhia em questão permita esses tipo de pagamentos.

Por certo, os proventos e dividendos possuem uma certa relação entre si. O que demonstra a importância de fazer as escolhas corretas. Para que os ganhos possam ser os melhores possíveis.

Vale destacar que você recebe apenas uma parte dos lucros. Sendo que tudo depende da sua participação em determinada empresa. Além disso, saiba que é indiferente se a empresa é aberta ou fechada.

Pois, você terá direito aos lucros dela de acordo com a Lei das Sociedades por Ações. Afinal, o investidor é de extrema importância para uma organização. Uma vez que ele é quem compra os papéis e ajuda no crescimento.

A lei que rege essa tarefa de proventos e dividendos determina que isso é obrigatório. Ou seja, a empresa deve pagar pelo menos 25% dos seus ganhos aos seus acionistas.

Embora a assembleia possa decidir por uma porcentagem que seja mais adequada. Contudo, é obrigatório que ela pague aos investidores algum tipo de lucro durante o período proposto.

Você deve saber também que isso varia de acordo com cada país. Ao passo que em outros locais o pagamento de dividendos não são obrigatórios. Enquanto que algumas companhias usam esse dinheiro para reinvestimentos.

O que é Juros sobre Capital Próprio (JCP)

Como Economizar Dinheiro Ganhando Pouco (8 Dicas Infalíveis)

Agora que você já sabe o que são proventos e dividendos vamos conhecer o JCP. Nesse sentido, entenda que essa modalidade consiste na distribuição dos lucros aos seus acionistas.

Por certo, esteja ciente de que o sistema é idêntico ao dos dividendos. Entretanto, compreenda que a parte contábil é diferente. Já que os dividendos possuem seus cálculos apenas nos resultados finais.

Enquanto que o JCP tem seus cálculos e contabilizações sendo feitas anteriormente. Desse modo, você precisa estar ciente de que isso acaba trazendo resultados distintos.

Vale destacar que na área contábil existem as vantagens fiscais para a empresa. O que acaba trazendo certas reduções nos lucros líquidos. Consequentemente, os impostos ficam menores para a companhia.

Sem dúvida, proventos e dividendos tem as suas vantagens e características próprias. Sendo que os dividendos não exigem pagamento do Imposto de Renda.

Uma vez que isso já foi feito no momento em que os lucros líquidos foram apurados. Enquanto que os JCPs requerem 15% (alíquota) a serem pagos no imposto em questão.

Bonificações

Além dos pagamentos que mostramos para você, ainda temos as bonificações. Que consistem nos lucros que são guardados em uma reserva. Além disso, saiba que esse dinheiro pode ser usado para outras funções.

Dessa maneira, esteja ciente de que a empresa pode decidir distribuir esses ganhos. Que são considerados como sendo pagamentos extras aos acionistas da companhia.

A distribuição dos proventos e dividendos são feitos tanto em dinheiro quanto em ações. De fato, você deve entender que a decisão será da própria organização.

Como são feitos os pagamentos dos proventos e dividendos?

Entenda que essa distribuição é diferente em cada modalidade. Pois, compreenda que os proventos não possuem datas específicas para tal realização.

Já os dividendos tem uma agenda que é feita de maneira prévia. E os resultados são apurados, bem como o seu lucro líquido. Os pagamentos aos investidores podem ser mensais, trimestrais, semestrais ou anuais.

Conclusão

Com toda a certeza você pode conseguir bons rendimentos no mercado financeiro. Desse modo, saiba que as empresas distribuem uma parcela dos seus lucros aos acionistas.

Sendo que os proventos e dividendos se diferem na área fiscal e contábil. Embora os resultados sejam um pouco parecidos. E as vantagens em receber esses lucros realmente ficam evidentes.

Assim, você precisa estar ciente a tudo isso para fazer as escolhas corretas. De tal forma que a montagem de uma carteira que conte com proventos é fundamental.

Vale destacar que a bolsa de valores B3 (B3SA3) é cheia de oportunidades. Uma vez que existem muitas ações disponíveis de empresas que pagam dividendos.

Com isso, o investidor deve estudar o mercado e analisar quais são as melhores escolhas. Além de estar ciente de que a bolsa é volátil e podem haver lucros e prejuízos.

Contudo, você pode construir um patrimônio se souber escolher adequadamente. E os proventos e dividendos são fundamentais para que você realize essa tarefa.

Portanto, analise a diferença entre esses tipos de pagamentos para melhores resultados. Somente assim, você será poderá conseguir remunerações melhores e terá um futuro mais tranquilo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *