Quais Tipos de Fundos de Investimento Devo Procurar?

O mercado de fundos de investimento vem atraindo cada vez mais pessoas que buscam colocar o seu dinheiro em algo que gere lucro a mais, seja a longo ou médio prazo. Mas com uma gama de opções, é importante pesquisar quais fundos de investimento são mais adequados as suas necessidades.

São baseadas nas necessidades de cada pessoa, que cada um dos fundos de investimento são elaborados, e assim a pessoa pode então investir o seu dinheiro pensando no retorno que ele dará.

Primeiramente, é importante entender o significado dos fundos de investimento.

Eles funcionam como junção de investidores que concordam com as estratégias de uma pessoa que atua como gestor, e com perfil igual, aceitam os mesmos níveis de riscos e as mesmas taxas, prazos para resgate e outras funções.

Ou seja, sabendo como trabalha os fundos de investimento, fica mais fácil escolher aquele que vai ser o seu ponto ideal para obter lucros.

Tipo de fundos de investimento

fundos de investimento

Separamos quais os tipos de fundos de investimento que você pode aplicar o seu dinheiro. Baseado nessa lista, veja qual se adapta as suas perspectivas de lucro e onde seu dinheiro será melhor investido:

– Fundos de renda fixa

Considerados o mais seguro, os fundos de investimento de renda fixa são para aquelas pessoas que buscam lucro a curto prazo. O único risco nesse caso de investimento é a falta de pagamento do título por parte da pessoa que emite os títulos.

Assim, eles podem ser elaborados pela:

– Títulos públicos federais e títulos de instituições financeiras de grande porte.

– Títulos públicos, títulos de instituições financeiras de grande e médio porte e títulos privados e tem pouca taxa de administração.

– Títulos públicos, títulos de instituições financeiras de grande porte, títulos privados, mas com alta classificação de risco.

– Fundos de ações

As ações são um dos fundos de investimento mais conhecidos. Sofrem variação nos preços de acordo com oscilações do mercado, por isso são considerados bem mais arriscados que os fundos de renda fixa.

Nesse caso, os fundos de ações são para quem pensa em aplicações e ganhos a longos prazos e para os investidores que tem como suportar riscos maiores de perdas, sabendo que o lucro pode vir a demorar.

– Fundo Cambial

O fundo de investimento cambial é para que busca lucro com base nas variações do câmbio, seja para guardar dinheiro para uma futura viagem como também se prevenir contra crises econômicas, tão comuns ultimamente.

Nesse tipo de investimento, o risco está apenas no fato do cambio sofrer alguma alteração drástica e o investir perder grande dinheiro, mas na sua maioria, é uma boa alternativa para que busca lucro rápido e tem um bom valor inicial para investir.

– Fundos multimercado

Nesse segmento dos fundos de investimento, não existem regras para a concentração de capital em um determinado ativo.

O investidor pode escolher onde melhor aplicar o dinheiro, seja em ações, títulos públicos ou privados, em moeda estrangeira ou em qualquer outro.

Dicas para escolher os fundos de investimento baseado na sua necessidade

fundos de investimento

Com tantas opções, é importante entender como escolher os tipos de fundos de investimento. Veja algumas dicas:

1) Quais são seus objetivos?

Quando começar a pesquisar qual os tipos de fundos de investimento você deve escolher, leve em consideração quais são seus objetivos e que tipo de rentabilidade está buscando.

Avalie qual o valor você pretende investir de forma periódica, qual tempo médio quer atingir essa meta e que tipo de risco está disposto a encarar.

Quanto melhor você conhece seus objetivos, mais adequada será a escolha de um dos tipos de fundos de investimentos.

2) Análise todo os processo de investimento

Depois que você estipulou quais são seus objetivos, escolheu entre os fundos de investimento o que mais tem a ver com suas necessidades, chegou a hora de analisar melhor o descritivo fornecido por seu banco ou corretora. Esse descritivo é chamado de prospecto.

Assim, observe:

– Se o fundo vai acompanhar ou superar os indicadores de mercado;

– Na política de investimento, quais são os prazos para solicitar e resgatar seus investimentos;
– No caso dos tributos, não se esqueça que os fundos de investimento usam o sistema come-cotas de Imposto de Renda.

– Sobre as taxas administrativas, fique de olho em quais superam o objetivo do fundo em um valor, sempre baseado na rentabilidade do CDI.

– Em relação à rentabilidade, fique de olho, visto que, não é porque um fundo foi um bom investimento a tempos atrás que ele pode ser uma ótima alternativa agora. Fique de olho no mercado e onde se está aplicando mais dinheiro e se os ganhos vêm sendo compatíveis as expectativas.

3) Avalie se as taxas baseadas no tipo de gestão

Nesse caso, faça uma avaliação das taxas de administração e se elas são adequadas baseado no tipo de fundo escolhido.

Até porque, do que adianta pagar um valor alto nas taxas e não ter retorno do dinheiro investido? Você só vai estar perdendo dinheiro e não obtendo o lucro que tanto desejou.
Lembre-se que as vantagens de usar um fundo de investimento para aplicar seus recursos é contar com a gestão profissional dos ativos e diversificar sua carteira sem precisar de grandes valores.

E agora, qual o próximo passo? Bem, chegou a hora de correr atrás de especialistas que atuam com os fundos de investimento que você escolheu e assim aplicar o seu dinheiro da maneira correta e da forma que pensa em obter de volta os lucros desejáveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.